domingo, 28 de novembro de 2010

tenho dois pedidos pra te fazer.

- Pode dizer, você sabe que eu farei o que for possivel.
- O primeiro pedido é, um abraço.
- Ô meu amor, claro que sim...
Me abraçou, forte. O toque dos corpos era algo surreal, calor, carinho, algo magico. Algo que não curaria as minhas feridas, mas amenizaria tudo, claro que sim. Te sentir em mim, era algo bom demais. Até você soltar e perguntar:
- E o segundo?
- O segundo pedido é... não me solte.

3 comentários:

  1. que texto liiindo *--*

    vou fazer isso um dia com meu amor heauheuahe

    adorei aqui, estou seguindo (:

    beeijos

    ResponderExcluir